domingo, 12 de junho de 2011

É bobo



Ontem te vi na varanda
preguiçosa na rede
bolei um poeminha
pra chamar tua atenção
Mas se tu gostaste
como disseste
do poema
por que me deste um bolo?
Então bolei outro poeminha
sobre aquele triste dia
que tu me embolaste
mas não te enviei
pois bolar poema
a quem dá bolo
de amor
me dá fome
e hoje um bolo
comerei

6 comentários:

  1. me fez sorrir ver isso aqui...! ;]

    ResponderExcluir
  2. Que delícia Edu!!!!

    Muy belo... como vc disse há um tempinho atrás que queria escrever acho que de uma forma mais doce... tá aí um exemplo!!!

    Um bolo bolo da vida hein... huummm

    besos

    ResponderExcluir
  3. "[...] e sentirei a doçura de satisfazer um desejo que não tem hora marcada e não fura."



    bolo é uma ofensa.
    se mal feito.



    rsrsrs


    bjsmeus

    ResponderExcluir
  4. Esses bolos pra mim são indigestos...

    ResponderExcluir