sexta-feira, 1 de abril de 2011

Dia é nome de Sereia



Noite vaga, noite ébria
cujo andar se demora
no seu silêncio me entrega
o aguardar da aurora

Noite calada, noite megera
tua solidão apavora
tua tristeza não nega
e tua beleza devora

Em cada lampejo de escuro
sobrepõe uma brisa fresca
dedilhados do ar mais puro
impedindo que o dia aconteça

Acorde menino inseguro
acorde antes que enlouqueça
especros feios de olhares duros
confundem a sua cabeça

Acorde e se entregue ao dia
deixe que esquente com calma
com luz e calor a vazia
frieza da sua alma

Dia de sol, de cabelos dourados
ilude os olhos famintos
com cores de todos os lados
pintando em aquarela um labirinto

Dia claro, dia quente
que a minha tristeza nega
cujo brilho esconde contente
a dor da alma e a mantém cega

Imagem: Titi Freak

6 comentários:

  1. Que a sereia chamada dia te mostre o mar
    e a noite traga um manto sobre tua alma
    protegendo das fortes ondas
    protegendo do frio que existe nas pessoas
    aquecendo seu coração com ternura
    aumentando a sua estima por tudo que existe de belo
    Que a sereia mostre sua face
    no espelho das águas claras
    que seu reflexo seja a paz
    que vagava por oceanos longínquos
    e se encontra no rosto de um menino
    que não conseguia brilhar sozinho

    Beijos Edu

    ResponderExcluir
  2. Edu, esses últimos poemas que postou foram escritos recentemente? Ou você já tinha escrito e resolveu postar agora? Percebo que eles são um pouco diferentes dos de algum tempinho atras. Eles estão com uma pegada de ultra romantismo, mas escuros e lamentosos. A dor de existir e de amar está mais aguda. A última estrofe é um bálsamo!
    Beijos!
    Rafa.

    ResponderExcluir
  3. Edu, respeito seu ponto de vista.
    Minha leitura bíblica começou aos 12 anos de idade e até hoje eu não consegui entender esse Deus que pregam por aí. Minha fé vai além de tudo aquilo que alguém possa ter escrito ou dito à respeito do Criador. Acredito em Deus não porque li isto na bíblia, não porque alguém disse que viveu um milagre ou coisa parecida. Creio porque sinto seu agir na minha vida cotidiana. Ele usa muitas formas para se fazer presente. Quem me conhece pessoalmente, sabe que é verdade, e que não sou hipócrita. Abomino gente que usa o nome de Deus para fazer mal aos outros. A bíblia é no mínimo interessante, os profetas anunciavam as coisas futuras. Eles tinham um conhecimento das coisas, muito além de sua época. O que não me "entra" é gente que acha que conhece a verdade, mas vive uma farsa. Prefiro um amigo ateu, que seja do bem, do que um crente fazendo um monte de besteira e espalhando acusações ou coisas do gênero. Uma temeridade. Ou seja, o que eu quero dizer com tudo isso, esse texto imenso, rsrs....resumindo. Deus existe na minha vida! Eu busquei com muita vontade, tanta que encontrei. A bíblia serve para nos fazer pensar. A vida, mais ainda!
    E Deus continuara sendo Deus, mesmo que não creiamos nisso. Fato! Todo mundo sabe o que é certo, e certo é respeitar as pessoas, mesmo que elas tenham um ponto de vista diferente do nosso. Essa é a mensagem. Obrigada por seu carinho, Edu. Desejo paz e alegria na sua vida, e fé, para os momentos difíceis, pois ajuda um bocado! Rsrs. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. às vezes penso que almas frias não têm jeito...



    bjsmeus


    em breve te respondo! =)

    ResponderExcluir
  5. Cris: na verdade, a sereia do poema é má! Lembre-se do canto da sereia, aquele que escraviza...

    Rafa: na verdade esses poemas eram rascunhos antigos que eu trabalhei em cima deles recentemente. Pra mim tem 2 coisas comuns: contrastes e a tentativa de olhar as coisas por um lado um pouco diferente, ainda que mais sombrio... de nós gostarmos de nos enganar! Que bom que está atenta! Fico mto feliz!

    Jubs: Que bom que gostou!

    Menina fê: vc vai e vem... e esse vai e vem é tão gostoso! hehehee Bom que tem passado por aqui!

    Beijos a todas!

    ResponderExcluir