quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Cabra cega


Somos cegos
de coração
somo de tal forma cegos
que vivemos olhando pro chão
o chão do próprio ego
Vale viver pra curar a cegueira?
Vale morrer por qualquer certeza?
Fulano diz que sim
Cicrano diz que não
Alguém nesse mundo de ninguéns
tem alguma noção?
Jesus, dizem uns
Buda, Maomé...!
O político, o médico, o ancião...
Não.
Os primeiros até ajudam
mas "vivem" em confusão
se fosse pra mudar o mundo
e eles tivessem razão
o mundo seria outro
sem guerra, conflito, aflição.
Afinal não dá pra engolir
dois mil anos a fio,
de tanta interpretação.
Ficamos nas mãos dos segundos
que não duram mais que cem.
E quem diz que a vontade desses
é a minha vontade também?
Confio nos taxistas
que sabem bem pra onde vão
se não me levarem aonde eu quero
eu que não pago, não!
Mas estes não decidem por mim
quanto mais para a nação
pior: artistas, pessoas letradas
gente do alto escalão
aceitaram por desgraça
o governo de um peão!
Por duas vezes, e agora
que já esquecemos
mais uma se sucederá
com a corja do mensalão!
Somos cegos, repito,
mas somos apaixonados
basta uma idéia, ou um apito,
e logo ficamos vidrados!
Não há provas que nos ajudem
não há notícias que nos mudem,
porque escolhido um ponto de vista
seguimos sem freio na pista
defendendo com emoção
e o resto é conspiração.
Esquecemos as regras, a lei,
vale tudo pelo partido
vale tudo pelo povão
depois enfrentamos enchentes
hospitais cheios de gente
pessoas às pencas sem dentes
mas com televisão. (digital!)
A justificativa: vem de outros carnavais,
mas vivemos sob a bandeira
de um futuro brilhante e feliz,
de passar pela eira e beira
como a lingua do safado diz,
e da esperança que ela nos traz.
Mas qual é o plano?
Como será cada mês
para os próximos 20 anos?
Isso ninguém fez!
Porque hoje eu ganho o salário,
virei classe média
to de roupa nova e carrão
o plano que vá à merda!
Tudo bem se meu filho na escola
não recebe educação,
ele passa de ano...
todos passarão,
analfabeto meu filho não fica!
As estatísticas não são em vão!
Somos um povo alfabetizado!
De letra, respeito e etiqueta!
Exemplo de civilização!
Se tudo mais der errado
alguém vai nos salvar.
Eles sempre nos salvarão,
somos massa de manobra
chovemos conforme a estação,
vivemos aos trancos, no barranco,
dia sim, dia não
e se desabar, pobre de nós,
a culpa sempre vai ser
daquele rico cidadão,
dominador, impiedoso, imperialista,
que ignora a nossa necessidade,
porque sempre poderemos pôr
a culpa na sociedade!
E vamos seguir cantando
a roda da cegueira
eu culpo vc, vc me culpa,
até nos vermos na peneira
e sermos jogados fora
afinal,
a vida é uma brincadeira.

Imagem: Ronit Baranga

5 comentários:

  1. a vida não é brincadeira...adorei Edu! Saudadeeee

    ResponderExcluir
  2. não há certezas... não vale morrer por qualquer certeza.
    você tem certeza? ah, isso passa :)

    ResponderExcluir
  3. A melhor coisa que li esse ano.
    Arrasou! Parabéns!
    E viva o Brasil, viva nossa classe média (agora maioria no país), viva nossa educação (já que praticamente toda a população é alfabetizada) e tudo que não der certo é culpa "daquele rico cidadão, dominador, impiedoso, imperialista, que ignora a nossa necessidade".

    Beijos! ;***

    ResponderExcluir
  4. Minha postura política é bem clara, e sou agressivamente contra a forma como as coisas estão sendo conduzidas por esse governo, digo isso porque se fosse outro governo, talvez eu estivesse metendo o pau tanto quanto. O certo quem define é a justiça e no Brasil a justiça é uma coisa totalmente distorcida, isso me revolta. Enfim, só pra deixar claro que não são as pessoas, são como as coisas são feitas, era essa a idéia.

    Obrigado pelos comentários!

    ResponderExcluir
  5. Amigo,
    Você tem liberdade para achar o que quiser e eu tenho para discordar. O problema maior é que este governo, que você tanto critica, fez o que ninguém fez antes e hoje o povo deu seu aval para que continuasse, em outra pessoa.

    Há erros, certamente. Mas a nossa cultura sequer existe consolidada. Então, quando houver de fato cultura brasileira, tudo isto será coisa do passado e o Lula pode até acabar virando uma figura lendária. Até porque nossa história carece de heróis políticos, como há às pencas na Europa.

    E sim, o mensalão queimou a cara de diversos políticos, alguns que tiveram bom senso de se manter do lado de fora (Roberto Jefferson, PTB/PB),outros que, por exemplo, não estavam nem aí (José Arruda, DEM/PR).

    Importante é que a ideologia, de postura independente, de esquerda e, por vezes, até mesmo keynesiana, tem sido muitíssimo mais eficiente que em diversos anos de governo neoliberal. E o neoliberalismo tem basicamente o controle da mídia. O que mais vendem, estes políticos do mantra neoliberal, contudo, é ética. Mas eles também não são éticos...

    E tem sido mexer com vespeiro desde o começo do mandato do PT. Ou você acha que "mensalão" é exclusividade do partido dos trabalhadores e do PMDB? Ou você acha que não rolam lobbies ilegais a todo instante em Brasília? O jeito certo era começar de novo, fazer uma mega duma reforma. Mas o sistema é lento. Deveras lento e uma Revolução não vinga, porque o Governo é bom. Não é perfeito, mas tem cumprido o seu trabalho e atingido, pelo menos, parte das metas propostas.

    ResponderExcluir