quinta-feira, 12 de agosto de 2010

TaiyoStyle

Se o carro puxa o cachorro
e o cachorro puxa o rabo
do ponto de vista dele (o rabo)
não há problemas em balançar

Mas se o rabo, puxa-vida,
puxasse o cachorro,
cachorros de rabos cortados
viveriam pela metade

Por isso disse ao veterinário: mitose.

Eu, que não sou rabo nem cachorro,
me preocupo onde meto meu nariz,
para que não fique triste,
ou viciado

Ainda assim volto pra casa embriagado
às vezes sólido, às vezes líquido,
já que nada se cria e tudo se transforma,
mas com uma felicidade só minha

Resultado disso: Van Gogh com Picasso

Não é questão de ângulo,
talvez papo de bêbado,
mas nunca um pé sadio
será mais feliz que olhos míopes

E se eu, assim, meio Picasso
balançando igual rabo de cachorro
e latindo para carros
não derreto meu vício em tristeza

Digo ao veterinário: me (Van) Grogue

4 comentários:

  1. Putz... imagino q nem o Van Grog faria uma arte tão arte antes de chegar ao estado q vc estava qdo escreveu essa piração... ce tah usando drogas, Votu? (Espero q seja só o alcool)

    ResponderExcluir
  2. um honra...

    se a brincadeira de idéias e a livre associação de palavras é o "taiyostyle",
    vc antropofagyzoy com o "edustyle" ao criar a narrativa e unidade condutora, como vejo em seus poemas, aquela linha que pode até percorrer labirintos, mas, com muita certeza, caminha pra frente.

    se quiser investir no taiyostyle é simples: que tal perder a linha?

    ResponderExcluir
  3. Pois é Taiyo, essa foi uma tentativa e uma homenagem, como disse ao Álvaro, gosto muito do jeito que vocês escrevem! Vivo tentando perder a linha, mas sou mto estruturado pra isso, quem sabe nos próximos!

    Espero que tenha gostado!

    Abraz

    ResponderExcluir
  4. Luiz FernandoStyle
    Putz... imagino q antes de Van Grog a arte faria uma arte tão arte antes que não seria possível fazer a piada e o texto de chegar ao estado q vc estava qdo escreveu essa piração... ce também tah usando drogas, Votu?

    Aline BesouroStyle
    "me (Van) Grogue"
    combina comigo
    eu
    voc
    nos otros

    ResponderExcluir