quarta-feira, 12 de maio de 2010

Versos do inverso

Nas circunstâncias adversas,
em que o mundo hoje se guia,
perdemos nossas promessas
para encontrar mentiras frias.

E no calor da atmosfera,
que cozinha os pés e a terra
onde pairam aves marinhas,
caem bombas daninhas.

Comemoramos o fracasso
que há na humanidade
ao errar um novo passo
ao futuro nuclear.

Enquanto choram convidados,
para alegria do amante,
da ausência do infante
ao seu lado no altar.

Um comentário: