domingo, 23 de maio de 2010

Egoísmo

Não desvie teu olhar de mim,
Que sou o menino dos seus olhos,
Que sorrio, danço e cortejo diante de ti.
A quem tu deves atenção.

E só posso ser teu sob essa condição,
Porque não deve haver vida tua sem a minha,
E que não haja sorriso teu sem minhas palavras
Já que agora sou teu guia, teu companheiro

Só assim é possível alivar meu medo
de não estar presente em sua alma
Então querida, não te deixes distrair,

Nem use de desculpas para relaxar e desviar-te,
Porque nada mais é importante
Apenas eu

Nenhum comentário:

Postar um comentário