sábado, 8 de maio de 2010

Bate e volta

Prepare-se,
frustre-se.
Jogue
e ganhe.
Pense,
decepcione-se.
Ignore,
e seja feliz.
Ame,
separe-se.
Evite,
e conquiste.
Viva
e sinta-se parado no tempo.
Deixe-se levar
e veja o tempo passar despercebido.
Trabalhe,
sonhe com férias.
Tire férias,
sonhe com a loteria.
Ganhe na loteria,
descubra que a vida não muda muito.
Escolha A e compre,
fique pensando em B.
Fale a verdade,
seja acusado de calúnia.
Minta,
vire presidente.
Sonhe com um mundo melhor,
sinta-se impotente.
Seja egoísta,
descubra a liberdade.
Deseje,
consiga,
arrependa-se.
Determine suas metas,
chore por filmes e por músicas,
encaixe-se nos padrões,
e tenha a sensação de que metade do que fez foi em excesso,
ou que virou um escravo do consumo e da opinião alheia.
Equilibre-se na linha da vida,
e aprenda a aceitar as quedas,
porque você vai cair.
E se cair, levante-se, e tente denovo,
tudo é assim,
um eterno bate e volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário